Ernesto de Sousa e a Arte Popular · Em torno da exposição Barristas e Imaginários
 Inicio | Anterior | Pag.16/22  | Próxima | Última
Livro da exposição
Ernesto de Sousa e a Arte Popular
Em torno da exposição Barristas e Imaginários


A exposição reativa as investigações de Ernesto de Sousa (1921-1988) em torno da arte popular e da escultura portuguesa e tem como pano de fundo a exposição Barristas e Imaginários: quatro artistas populares do Norte, que o autor concebeu e apresentou na Galeria Divulgação, em Lisboa, em 1964, com obras de Rosa Ramalho, Mistério, Franklin Vilas Boas e Quintino Vilas Boas Neto. Ernesto de Sousa foi uma das figuras mais apaixonantes, complexas e multifacetadas da cultura portuguesa da segunda metade do século XX. Na longa caminhada que fez do neorrealismo para a arte contemporânea trouxe para o estudo da arte popular novas ferramentas de leitura e novos códigos discursivos. [Nuno Faria]
 
Edição
A OFICINA, CIPRL
Sistema Solar (DOCUMENTA)
Coordenação Editorial
Nuno Faria
Desenho Gráfico
Atelier Pedro Falcão
Proporção
[2:3] - 16 × 24 cm
Tipos de letra
Verdigris
Githic 720
PP.
320
Produção Executiva
João Covita
Textos
Mariana Pinto dos Santos
Ernesto de Sousa
Nuno Faria
Tradução
Martin Dale
Revisão
Cristina Guerra
Helena Roldão
Fotografia
Vasco Célio e/and Ricardo Nascimento – STILLS
Casa-Estúdio Carlos Relvas
Biblioteca Nacional de Portugal
Arquivo de Documentação Fotográfica/ Direção Geral do Património
Centro de Estudos Multidisciplinares Ernesto de souse (CEMES)
Pré-Impressão, impressão acabamento
Gráfica Maiadouro
Tiragem
500
ISBN
978-989-8474-25-4 (A OFICINA, CIPRL)
978-989-8566-62-1 (Sistema Solar | DOCUMENTA)
Depósito Legal
379 150/14
Junho 2014
PVP: 25 euros