Escultura de macaco
 Inicio | Anterior | Pag.12/14  | Próxima | Última
Escultura de macaco
Asteca (México)
1200 – 1518 d.C.
Pedra
29 x 9 x 16,5 cm

A temática da morte converteu-se entre os astecas, ou mexicas, numa imagem “de Estado”, surgindo o seu principal emblema, a caveira, em muitos suportes artísticos: códices, decoração arquitetónica ou, como neste caso, escultura em pedra. Os Astecas fundaram um grande império, cuja capital, México-Tenochtitlan, foi uma das urbes mais importantes da América pré-colombiana. Subjacente à atual capital mexicana, esta cidade pré-hispânica contava com um grande número de templos e espaços sagrados. Um deles, conhecido como o “Templo das Caveiras”, apresenta uma grande quantidade destes elementos, como uma espécie de decoração arquitetónica, pondo a nu a importância da morte e da divindade a ela associada dentro do aparelho estatal mexica.Tal como acontece na peça mixteca reproduzida, a morte é aqui encarnada por uma imagem cadavérica que se exprime através da caveira e de um corpo esquelético ou talvez descarnado. Esta escultura pode ter feito parte de algum conjunto arquitetónico de grande protagonismo religioso e ritual.