Gong ou Guang觥, recipiente para vinho em forma de dragão
Gong ou Guang觥, recipiente para vinho em forma de dragão
 Inicio | Anterior | Pag.23/50  | Próxima | Última
Gong ou Guang觥, recipiente para vinho em forma de dragão
Dinastia Shang (1600 - 1045 a. C.) / Dinastia dos Zhou Ocidentais (1045 - 771 a. C.)
Bronze
20 × 22 cm

Os gong (觥) são recipientes rituais em forma de jarro com rebordo assimétrico e goteira ascendente, cobertos por tampa em forma de cabeça de dragão. O jarro é constituído por uma base oval e um corpo ligeiramente maior, ao qual está apensa uma pega em forma de laço na extremidade oposta à goteira. Ambos os lados do corpo da peça, em toda a sua superfície, estão decorados com máscaras taotie (饕餮) sobre fundo de espirais. A pega, na extremidade junto ao rebordo, tem a forma de cabeça de carneiro. A tampa, amplamente decorada, tem a forma de uma cabeça de dragão tridimensional na parte que assenta sobre a goteira e, na parte oposta, a representação em alto-relevo da cabeça de um animal, que aparenta ser um tigre. No centro da tampa uma protuberância longitudinal determina a representação simétrica do taotie. Uma interessante caraterística é a língua angular que se estende para além da sua superfície, eventualmente utilizada para levantar ligeiramente de modo a verter o vinho.