Oficinas
 Inicio | Anterior | Pag.9/9  | Próxima | Última
Oficinas Criativas CIAJG
Todo o ano | terça a domingo


Desde a abertura do CIAJG – Centro Internacional das Artes José de Guimarães, a Educação e Mediação Cultural desenvolveu um conjunto de oficinas que aprofundam as ideias que sustentam o programa do Centro.

Através do programa especial Vai e Vem, também continuamos a oferecer às escolas do concelho de Guimarães a possibilidade de receber estas oficinas em sala de aula - um artista e a sua mala de trabalho propõem abrir portas às primeiras experiências artísticas ou aprofundar o desejo de criar, instaurando na escola um espaço de experiência e de partilha entre artistas, professores e alunos.

Cá dentro existe um anão comido pelas formigas
Oficina Sensorial a partir do Processo Criativo do Artista Franklin Vilas Boas

Este é um convite para descobrir que anão é este e onde se encontra. E quem lhe deu forma? Partimos do universo singular do artista popular português Franklin Vilas Boas (1919-1968), para pensar o espaço museológico, os objetos, a arte, a natureza e a vida. Franklin só trabalhava quando encontrava madeira, aquela que o mar e a terra lhe ofereciam… E são estes ramos e estas raízes que convocam a leitura, a escultura e a palavra, num jogo onde os sentidos constituem o lugar da criação artística.
Criação e Orientação: João Terras
Público-alvo: Maiores de 5 anos

Um grande segredo chamado museu
Oficina de Descoberta de Objetos e Construção de Segredos

Há uma grande caixa, que guarda perguntas, chamada Museu. Passando por suas diferentes salas, podemos pensar nas relações entre objetos da coleção, o colecionador e os motivos que nos levam a colecionar, a manter algo secreto ou, então, expô-lo. Com uma caixa de segredos, despertamos memórias afetivas, que se revelam em textos e desenhos anónimos. Se pudéssemos ter um poder mágico, qual seria? Qual o nosso maior desejo?
Criação e Orientação: Juliana Sá
Público-alvo: Maiores de 6 anos

Corpo Tóteme
Oficina de Movimento e Construção de Tótemes
Caixas que se transformam em corpos, corpos que se transformam em animais, animais que protegem as florestas, florestas que guardam segredos. Dentro de uma coisa, há sempre outra. E, dentro do Museu, o que há? Máscaras, esculturas… Nesta oficina, vamos descobrir o interior do Centro Internacional das Artes José de Guimarães e, a partir da relação que criamos com alguns dos objetos expostos, construímos uma máscara-tóteme que ganha corpo e movimento e, depois, se transforma numa instalação.
Criação e Orientação: Melissa Rodrigues
Público-alvo: Maiores de 3 anos

Nkisi e os Feitiços
Oficina de Construção e Coleção de Objetos Protetores

Desejos, medos, proteção e todos os poderes que atribuímos aos objetos, em forma de talismãs, amuletos e relicários, serão abordados nesta oficina. Vamos escolher poderes e compor os nossos próprios feitiços: magias que cabem escondidas no bolso para levarmos sempre connosco.
Criação e Orientação: Juliana Sá
Público-alvo: Maiores de 3 anos

Desenhos escondidos
Oficina de Desenho

Do outro lado do papel há linhas a descobrir. Formas desenhadas só se revelarão após o risco. Como será desenhar sem ver a linha? Será como num passe de mágica que os nossos desenhos aparecerão. Limão, parafina, água ou apenas linha são os ingredientes destas receitas escondidas. Podemos assim enviar mensagens secretas e códigos que poucos compreenderão!
Criação e Orientação: Juliana Sá
Público-alvo: Maiores de 3 anos


Horário
terça a domingo
························································

Local
CIAJG ou escolas/instituições
························································

Duração
90 min. a 2 horas
························································

Lotação
1 turma / 25 pessoas
························································

Preço
2,00 eur (grupos escolares / instituições) e 5,00 (outros grupos)
························································
Vai e Vem (1 visita ao CIAJG + 1 oficina na escola) 2,00
························································

Marcação com, pelo menos, uma semana de antecedência, através do e-mail mediacaocultural@aoficina.pt