Escultura Pássaro
Escultura
 Inicio | Anterior | Pag.21/33  | Próxima | Última
Escultura
Senufo - Costa do Marfim
Madeira
235 x 100 x 90 cm

No passado, muitas das sociedades secretas dos homens Poro, na região do Senufo, possuíam uma grande escultura de um pássaro, mantida na floresta sagrada e usada nos rituais de iniciação, correspondendo ao último grau. A base oca do pássaro permitia que fosse transportado nas cabeças dos iniciados. Alguns exemplares, como é o caso deste, têm buracos nas asas para, com umas cordas, poderem fazer balançar o pássaro, cuja identificação permanece incerta. A grande curvatura do bico sugere uma espécie carnívora, mas não existe unanimidade entre os informadores Senufo que o identificam com o corvo, o abutre, a águia ou o bufo.
O significado do pássaro torna-se mais claro através dos dois outros nomes que lhe são dados: kasingele, “o primeiro antepassado”, o ancestral fundador da floresta e da criação dos humanos, e poropianong, que significa literalmente “a mãe da criança Poro”. Ambos os termos evocam o valor de liderança e autoridade dos anciãos que orientam as cerimónias iniciáticas.

Bibliography: Garrard, T. F. in Phillips, Tom ed. (1995), Africa: The Art of a Continent, Munich – New York, p. 457.

Escultura