Teatro da Memória 2ª Parte | Teatro Oficina 25 Anos
 Inicio | Anterior | Pag.17/97  | Próxima | Última
TEATRO DA MEMÓRIA | 2ª PARTE

Terça 26 março, 21h00
A Oficina 30 Anos
Conversa com José Bastos e Frederico Queiroz


Quarta 27 março, 18h30
Teatro Oficina 25 Anos
Conversa com Carlos Rego, Jacinto Cunha e Sofia Leite

ARQUIVOS TEATRO DA MEMÓRIA 
2ª BOLSA DO GANGUE DE GUIMARÃES

Quarta  27 a Sábado 30 março, 21h30
Arquivo Público [Estreia Absoluta]
Manuela Ferreira
CIAJG / Cafetaria

Uma instalação-performance construída a partir das memórias de um grupo de espetadores de diferentes gerações que têm acompanhado os 25 anos do Teatro Oficina. Os arquivos da companhia de teatro de Guimarães são vistos da perspetiva do público. A partir deste reservatório de experiências, dois atores emprestam o corpo e a voz a estas memórias.
_
Encenação, Texto e Conceção Plástica Manuela Ferreira
Interpretação Carlos A. Correia e Luísa Maria
Duração aprox. 45 min.
Maiores de 12


+

Linha de Montagem [Estreia Absoluta]
Pedro Bastos, Sara Costa, Tânia Dinis
CIAJG / Black Box

Linha de Montagem parte do olhar de três artistas sobre o arquivo do Teatro Oficina, numa análise sobre o que poderá ser um arquivo, a documentação, de uma política cultural de uma companhia de teatro, com relação socioeconómica de uma região.

Criação Pedro Bastos, Sara Costa e Tânia Dinis
Pesquisa Pedro Bastos, Sara Costa e Tânia Dinis
Texto Pedro Bastos
Interpretação Sara Costa e Tânia Dinis
Agradecimentos Carlos Rego, Jorge Quintela, Pedro Lima, Bando à Parte, Eduardo Brito, Rui Vale de Sousa, João Melo, José Eduardo Silva,
Duração aprox. 45 min.
Maiores de 12


BILHETE ÚNICO [ARQUIVO PÚBLICO + LINHA DE MONTAGEM]

5,00 EUR
| COMPRAR

Domingo 31 março, 17h00 (Público Geral / Famílias )
Segunda 1 abril, 10h30 e 15h00 (Público Geral / Escolas e Outras Instituições)

Ponto de Fuga
Visita Performativa

Nuno Preto

Esta é uma viagem performativa que visita o Centro Internacional das Artes José de Guimarães. Os visitantes são autorizados a deixar escapar o olhar para onde, normalmente, não olham e a deixar passar o corpo para onde ele, normalmente, não mexe.
_
Direção e Dramaturgia Nuno Preto, a partir de textos das edições do CIAJG
Conceção Plástica Sara Vieira Marques
Interpretação Ángela Diaz Quintela e Gil Mac
Duração c. 90 min.,
Lotação 25 pessoas
Preço 2,00 eur
Marcações mediacaocultural@aoficina.pt ou tlf 253 424 700