Vasilha globular
Vasilha globular
 Inicio | Anterior | Pag.3/14  | Próxima | Última
Vasilha globular
Estilo Chancay (Peru)
1000 – 1450 d.C.
Terracota
38 x 31 x 24 cm


Este belo exemplar de vasilha globular Chancay, com asas laterais, apresenta traços de antropomorfização no rosto ou “cara gargalo” de uma personagem que exibe pintura facial e adornos nas orelhas, sinais da sua importância e estatuto. No resto do corpo, a decoração a preto sobre fundo branco é caraterística da cerâmica deste estilo, apresentando desenhos típicos, como as ondas em diagonal ou o pontilhado. O losango quadripartido, também chamado “cruz chakana”, é muito caraterístico da arte pré-colombiana e tornar-se-á especialmente importante durante o Império Inca (1400 – 1532 d.C.). Durante o período anterior à formação do Império Inca (Período Intermédio Tardio, 1000 – 1450 d.C.), desenvolveram-se na costa central toda uma série de manifestações artísticas, englobadas sob a designação de “estilo Chancay”, e entre as quais se destacam a cerâmica branca de decoração negra, como o belo exemplar aqui reproduzido, as pequenas figuras chamadas “cuchimilcos” e uma grande abundância de têxteis. Em todas elas reaparece o mesmo padrão decorativo de pequenas figuras, que se repetem em fileiras diagonais ou horizontais. Todos estes objetos faziam parte de espólios funerários que traduziam a importância que o defunto tinha tido em vida, dentro da sua comunidade. Esta prática foi comum a todas as culturas andinas ao longo do Período Pré-hispânico e sobreviveu mesmo após a chegada dos espanhóis, criando-se um complexo sincretismo religioso entre as novas crenças cristãs e os antigos ritos andinos.