Vasilha globular
Vasilha globular
 Inicio | Anterior | Pag.13/14  | Próxima | Última
Vasilha globular
Estilo Chancay (Peru)
1000 – 1450 d.C.
Terracota
27,5 x 20 cm


Este tipo de vasilhas globulares de pasta branca com decoração negra são caraterísticas do estilo Chancay, que se desenvolveu nos vales centrais da costa peruana durante o chamado Período Intermédio Tardio (1000 – 1450 d.C.). Faziam parte dos espólios funerários, juntamente com pequenas figuras, também em cerâmica (habitualmente chamadas “cuchimilcos”), um grande número de têxteis e outros objetos, todos eles reproduzindo a mesma iconografia. Entre os mais importantes motivos iconográficos deste estilo encontram-se precisamente as aves e as ondas esquemáticas, em fileiras diagonais, que decoram a boca semiesférica da vasilha. Trata-se de imagens esquemáticas de aves marinhas, de pequena dimensão, que remetem para a estreita relação que estes povos tinham com as áreas costeiras em que habitavam. A alternância rítmica dos diferentes motivos decorativos (como vemos neste caso) é uma característica própria da arte andina deste período: a repetição regular de figuras idênticas de tamanho reduzido (além das já mencionadas aves, encontramos também peixes, felinos ou símios, para citar apenas os casos mais comuns) surge também noutros estilos contemporâneos, por exemplo Chimu ou Chincha.