Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
A Oficina
Centro Cultural Vila Flor
Centro Internacional das Artes José de Guimarães
Casa da Memória de Guimarães
Centro de Criação de Candoso
Teatro Oficina
Educação e Mediação Cultural
Centro Internacional das Artes José de Guimarães
A Oficina
Centro Cultural Vila Flor
Casa da Memória de Guimarães
Centro de Criação de Candoso
Teatro Oficina
Educação e Mediação Cultural
Loja Oficina

EM EXPOSIÇÃO • SALA 4

Sara Ramo • Atirando Pedras

2022.10.08 02 Ciclo Heteróclitos Atirando Pedras

As instalações de Sara Ramo traduzem sentimentos contraditórios. “Doloridas”, segundo as palavras da artista, as suas esculturas estão cheias de alusões ao que fere e que é incerto, ao que cai e ao que torce a linguagem. Concebida como um jogo de cartas, Atirando Pedras convida-nos a fazer as nossas próprias conexões entre os objetos, unindo pontos e pistas que nos guiam por uma numeração aparentemente aleatória. Transtorno repentino, Carne para canhão ou Intratável, alguns dos títulos, compõem um vocabulário poético/político que comenta, sem ser literal, o mundo e a linguagem que o nomeia.

Existe no seu trabalho uma tomada de posição contra um certo tipo de conhecimento hegemónico e contra as opressões que o mesmo produz, mas que não provém de uma moral, antes do aspecto tortuoso, “falhado” e indeciso dos volumes e dos materiais. Também podemos encontrar aqui antigos trabalhos de Sara Ramo que, continuamente cortados e rearranjados, geram uma economia que tira partido do resto. Como escreve a artista:

“Y todo cabe. No es necesaria la exclusión de las basuras generadas. Es cuestión vital hacerlas nuestras. Mías y tuyas: generadoras resistentes. La metamorfosis estará avalada por la tensión entre lo que vive y muere, todo incluido, también lo que sufre y hace sufrir. Lo inventado, las mitologías secretas de los mundos por abrir serán en círculo cada vez un inicio. Por tanto; no hay conclusión. Hay piedras falsas, zapatillas, cacas secas, cortinas en las ventanas, un guante, papel de caramelo, cartón. No importa, todo es material y está vivo”. (Sara Ramo)


Exposição patente até 5 março 2023
Ir para outras exposições do ciclo ➞

TODAS AS IDADES

2022.10.08 02 Ciclo Heteróclitos Atirando Pedras

TODAS AS IDADES

Voltar

Website desenvolvido por BondHabits